segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Suarabácti ou Anaptixe - 0 que é isso?

Metaplasmo ou Metaplasma é nome dado às alterações ocorridas em determinadas palavras no decorrer da evolução de uma língua. O metaplasmo pode ocorrer pela adição, supressão ou modificação dos sons. Os metaplasmos por adição de sons pode ser de três tipos:

- Prótese: acréscimo de um fonema no início da palavra. 
stella --> estrela; 
scudo --> escudo

- Epêntese: acréscimo de fonema no interior da palavra. 
stella --> estrela
registu --> registro 

- Paragoge: acréscimo de fonema no final da palavra. 
ante --> antes; 
chic --> chique;
lunch --> lanche

O Anaptixe ou Suarabácti é um tipo especial de epêntese, que é um dos metaplasmos por adição de fonemas a que as palavras podem estar sujeitas ao longo de sua evolução. São acrescentados fonemas ao interior da palavra para desfazer um encontro de consoantes. Exemplos: 
bratta --> barata; 
fevreiro --> fevereiro; 
prão --> porão; 
absoluto --> abissoluto; 
advogado --> adivogado, adevogado; 
pneu --> pineu, peneu.

Um passeio fotográfico pela Universidade Federal de Viçosa - MG (UFV)
























quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Último Teorema de Fermat


O "doodle" do google homenageia esta semana o matemático francês Pierre de Fermat.  Ao passar o mouse por cima do desenho, a descrição da arte diz “eu tenho uma demonstração realmente maravilhosa para esta proposição, mas este doodle é muito pequeno para contê-la”. 
Uma das maiores contribuições de Fermat à matemática foi a proposição conhecida como Último Teorema de Fermat, o qual tem na sua introdução a mesma frase publicada com o doodle. Basicamente, a fórmula que traduz esse Último Teorema é representada como: Xn + Yn = Zn. A partir disso, o matemático defende que não existe um conjunto de número inteiros positivos que satisfaça a equação para as variáveis quando o “n” for maior do que 2.
Fermat também desenvolveu a Teoria da Probabilidade. Nesse caso, o matemático francês trocou opiniões e reflexões por meio de cartas com Pascal. As discussões travadas entre os dois pesquisadores chegou a incentivar Pascal a usar a questão da probabilidade para chegar à crença em Deus.
Pierre de Fermat nasceu no dia 17 de agosto de 1601 em Beaumont-de-Lomages, França, e morreu no dia 12 de janeiro de 1665 em Castres, França. Foi advogado e oficial do governo em Toulouse pela maior parte de sua vida. A matemática era o seu passatempo. Em 1636 Fermat propôs um sistema de geometria analítica semelhante aquele que Descartes proporia um ano depois. O trabalho de Fermat estava baseado em uma reconstrução do trabalho de Apollonius, usando a álgebra de Viète. Um trabalho semelhante conduziu Fermat para descobrir métodos similares para diferenciação e integração por máximos e mínimos.




terça-feira, 16 de agosto de 2011

Física do Ensino Médio, Vestibular e ENEM - Links Úteis

Fenômenos Ondulatórios: http://www.coladaweb.com/exercicios-resolvidos/exercicios-resolvidos-de-fisica/fenomenos-ondulatorios

Fundamentos de Ondulatória: http://aulasparticulares.org/material-de-apoio/fisica/oscilacoes-e-ondas/fundamentos-de-ondulatoria

Ondulatória: http://www.fisicapaidegua.com/jornais/volume09.pdf

Exercícios sobre Ondulatória: http://www.kuroski.com.br/escola/cep/Lista_ondulatoria.pdf

Ondulatória para Vestibulares: http://www.angloabc.com.br/cursinho/exclusivo/chicoboca/ondulatoria/ondulat%C3%B3ria1.pdf

Ondulatória - Exercícios com gabarito: http://professorpanosso.com.br/documentos/ondulatoria%20panosso%2009.pdf

Mais exercícios com gabarito - Ondulatória: http://www.rumoaoita.com/materiais/fis_simul_ondulatoria.pdf

Ondas Sonoras: http://turmadomario.com.br/cms/images/download/fisica/ondassonoras.pdf

Exercícios com respostas sobre Oscilações e Ondas: http://www.professormario.com.br/textos/listas/2EM-exercicios-ondas.pdf


Resumo de fórmulas da física (ensino médio e vestibular): http://www.jvv.com.br/educacao/em/resumos/fisica/formulas2.pdf






Síndrome da Pressa

A síndrome da pressa é um problema psicológico e comportamental que acontece com várias pessoas atualmente. As pessoas costumam dizer que 24 horas é pouco tempo para realizar tantas tarefas. Porém, "quem tem pressa come cru".
As características típicas da síndrome são: tensão, hostilidade, impaciência ao esperar, valorização da quantidade e desvalorização da qualidade, sono agitado, inadmissão a atrasos, busca por substâncias que controlam as emoções, interrupção da fala de terceiros, passos rápidos e outros.

Estudo revela que 65% dos brasileiros apresentam tendência a desenvolver o transtorno. Intolerância, tensão e impaciência estão entre os principais sintomas da doença. Apressadinhos podem desenvolver fobias e pânico.

As pessoas apressadas vivem em constante estado de alerta, irritadas e impacientes. Esse comportamento produz aumento do nível de adrenalina no corpo o que pode causar uma situação de estresse. Este pode gerar infartos, úlceras e gastrites. Cuidado! Além de ser inimiga da perfeição, a pressa é, também, inimiga do coração.
Se você fala, anda e come muito rápido, não tira o olho do relógio, tem a escrita abreviada, interrompe a fala de terceiros, reclama com frequência que o seu tempo não dá pra nada, não sabe esperar e tem vontade de atropelar quem anda mais lento que você, cuidado, esses traços são típicos dos portadores da síndrome da pressa.

A pressa não é só inimiga da perfeição. É também sintoma de infelicidade. Obs.: Provérbio chinês.


O comportamento do apressadinho:
Ao sentar, jamais encosta na cadeira. Assim, estão prontos para sair.
Fazem várias coisas ao mesmo tempo, como comer e usar o computador.
No trânsito, se o carro da frente demora, ele buzina.
Carregam bolsas pesadas e agendas onde anotam tudo o que têm de fazer.
Seguram objetos com força, como se tivessem receio de perdê-los.

Fonte: Jornal O Tempo (Belo Horizonte-MG-Brasil) - 07/Ago/2011 - pag. 24 - Cidades


segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Hora Certa


Para saber a hora certa nas principais cidades do mundo Clique Aqui

Horário Oficial de Brasília: Clique Aqui

Hora Legal Brasileira - Observatório Nacional - DSHO: Clique Aqui

Um poema de Manuel Bandeira

A onda a onda anda aonde anda a onda? a onda ainda ainda onda ainda anda aonde? aonde? a onda a onda Manuel Bandeira  BANDE...